Educação, Cultura e Comunicação

O Programa de educação, cultura e comunicação tem por objetivo ampliar as oportunidades de aprendizagem para contextualizar a população em seu meio, universalizar seus saberes, fortalecer sua identidade cultural e possibilitar o acesso a novos conhecimentos e tecnologias, a fim de formar cidadãos confiantes e autônomos, capazes de gerir suas comunidades, defender seus territórios e seus direitos fundamentais.

Mais de 53% da população das comunidades ribeirinhas do oeste do Pará onde atuamos têm até 19 anos de idade. Por isso, e por acreditarmos que são eles os principais agentes de transformação presente e futuro das comunidades, é que o trabalho da organização sempre buscou desenvolver estratégias para sua inclusão social.

Embora ainda vivam num ambiente ecologicamente saudável, e numa convivência comunitária amigável, enfrentam, por outro lado, muitos problemas e desafios.

Dificuldades de acesso ao ensino médio, baixa qualidade do ensino nas escolas existentes, com currículo e métodos pouco apropriados a realidade sociocultural dos alunos. Falta de saneamento básico e carências alimentares provocando doenças evitáveis e famílias com baixa renda e muitos filhos, com poucas condições para o desenvolvimento pleno das crianças e adolescentes. Insatisfações com o cotidiano rural, baixa perspectiva de trabalho e renda, e poucas opções de lazer levando jovens ao êxodo rural.

Tendo suas origens em projetos de saúde infantojuvenil, o PSA ampliou suas abordagens para dimensões mais amplas buscando incluir e defender os direitos das crianças e jovens nos processos de desenvolvimento comunitário, de forma a garantir que ele seja sustentável no longo prazo.

Para tanto, atua tanto junto a serviços públicos (especialmente escolas) quanto diretamente com a população, com ações de cunho social (educação, saúde, lazer, cultura e comunicação), econômico (capacitação para o trabalho, empreendedorismo e liderança juvenil) e ambiental (educação ambiental, bom manejo dos recursos naturais).

Conheça as ações do PSA em educação, cultura e comunicação:

Circo Mocorongo

Um dos projetos mais antigos do PSA, o Circo Mocorongo promove educação em saúde, meio ambiente, cidadania comunitária e outros temas por meio da arte-educação. Com metodologias participativas, as atividades são construídas junto com a população e permeadas pela cultura popular local.

Territórios de Aprendizagem

O acesso à educação e a aproximação entre o ensino formal e a realidade das comunidades tradicionais da Amazônia são o foco das ações do projeto, aplicadas colaborativamente com gestores, professores, alunos e famílias. O Territórios da Aprendizagem aborda a educação comunitária e ambiental com base nos direitos da criança e do adolescente. Além de atividades extraclasse e qualificação de professores, fomenta as Escolas da Floresta a partir do mapeamento dos saberes e da cultura das comunidades feito pelos próprios alunos.

Redes Comunitárias

A escola é o pilar de formação e treinamento do projeto “Conectando os Desconectados”, uma iniciativa global, promovida pelas organizações APC e Rhizomatica e executada no Brasil pelo Projeto Saúde e Alegria. O objetivo da iniciativa é conectar comunidades desconectadas por meio do desenvolvimento de modelos, capacidades e formas de sustentabilidade para populações com foco em assistência técnica, capacitação, assessoria para advocacy e mobilização comunitária.

Teia Cabocla

Plataforma colaborativa de mobilização, formação e apoio aos coletivos juvenis nas comunidades do oeste paraense, o Teia Cabocla incentiva ações socioeducativas e culturais e campanhas de ativismo em defesa de direitos fundamentais, cobrindo temas como território, cidadania, questões de gênero, direitos da criança e do adolescente, educação ambiental, preservação da floresta e valorização da identidade cultural das comunidades (indígenas, quilombolas, ribeirinhas) da Amazônia.

Rede Mocoronga de Comunicação

A rede de comunicação popular, instituída em 1987 pelo PSA, capacita e apoia mais de 400 jovens, em mais de 30 comunidades do oeste do Pará, para atuarem como “repórteres da floresta”. Apoiadas por uma central na cidade de Santarém, Sucursais Rurais da rede produzem programas de rádio, jornais e vídeos comunitários, fotonovelas, histórias em quadrinhos, blogs e mídia digital.

Empreendedorismo Juvenil

Inovação e empreendedorismo para ajudar as comunidades a enfrentar o desafio do êxodo rural: estas são as bases da plataforma Beiradão de Oportunidade, na qual jovens das comunidades recebem formação para o trabalho e o empreendedorismo. Depois da formação inicial, ingressam em um curso mais aprofundado e um programa de mentoria. As soluções encontradas pelos alunos para problemas de suas comunidades são transformadas em planos de negócio, muitos dos quais são incubados pelo PSA e instituições parceiras.

Notícias

Educação e Comunicação
00000076

Escola de Redes Comunitárias da Amazônia compartilha experiência em Fórum de Governança da internet na Etiópia

Painel ‘Lessons Learned from Capacity Building in the Global South do projeto LocNET’, foi parte do 17º Fórum Anual de Governança da Internet, realizado em Adis Abeba, Etiópia, no período de 28 de novembro a 2 de dezembro de 2022

Leia mais
Redes (2)

Escola de Redes Comunitárias da Amazônia participa de Fórum na Colômbia

O coordenador da Escola de Redes Comunitárias da Amazônia, Paulo Lima, participou de painel que abordou as experiências, aprendizagens e desafios em Costa Rica, Brasil e Equador

Leia mais
Uruguai (2)

Rede Mocoronga participa de Congresso Latino Americano de Ciências Sociais no Uruguai

Representada pelo comunicador Valter Oliveira, a Rede Mocoronga de Comunicação Popular participou do V Congresso da América Latina e do Caribe de Ciências Sociais, destacando as principais iniciativas de comunicação comunitária na Amazônia, apoiadas pelo Projeto Saúde e Alegria 

Leia mais
Circo (3)

Internacional: Gran Circo Mocorongo se apresenta na Colômbia e incentiva comunicação circense para fortalecimento de redes comunitárias

Escola de Redes Comunitárias da Amazônia participou durante dez dias do Bootcamp 2022 Colômbia. Treze países participaram da formação do Programa de Formação de Promotores e Promotores Técnicos em Telecomunicações e Radiodifusão em Comunidades Indígenas 

Leia mais
Escola (4)

Escola de Redes Comunitárias da Amazônia participa de Encontro em São Paulo sobre inclusão digital e futuro das redes comunitárias

O II Encontro de Redes Comunitárias de Internet – Políticas Públicas de Acesso reuniu representantes da Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel), autoridades políticas, entidades que defendem a universalização do acesso à internet e lideranças de redes comunitárias de todo o país

Leia mais
Cinealter (2)

CineAlter reúne coletivos audiovisuais do Tapajós destacando narrativas das populações amazônicas sobre mudanças climáticas

Atividade integrada ao Festival Latino Americano de Cinema de Alter do Chão foi coordenada pelo Projeto Saúde e Alegria e reuniu dez coletivos audiovisuais de Santarém, Altamira e Itaituba 

Leia mais
[fts_instagram instagram_id=17841409303772094 access_token=IGQVJWd2NPMGhPSFE1ZA0FLMGUyM3RwRV9YR3BrOGstSGZAjd2xHT3lPdGh6RGlpUW5nUHlST0w2SndVU0tWZAEgyUkpJdUVHUE9jalZADbXd0OVN5SVNsdzNyNzlaZA1BLcWtDS3JsTHZAB pics_count=3 type=basic super_gallery=yes columns=3 force_columns=yes space_between_photos=1px icon_size=65px hide_date_likes_comments=no]
Conheça o canal do
saúde & alegria

Rádio Mocoronga

Facebook

Projeto Saúde & Alegria
Rolar para cima