Programa Floresta 360º recebe inscrições de jovens de Santarém, Pa

Ideias de negócios sustentáveis selecionadas receberão mentoria e suporte financeiro. Inscrições seguem até 30/01;

O programa Floresta 360º é uma das mais novas as iniciativas do Centro de Empreendedorismo da Amazônia em Santarém, que neste mês recebe inscrições de interessados até o dia 30/01.  A divulgação dos selecionados será realizada até uma semana depois, com os mesmos participando de um processo de trocas, conversas e ensinamentos em torno de ideias que promovam negócios economicamente viáveis com a floresta em pé.

O programa quer aumentar os negócios sustentáveis, com inovação, agregação de valor e baixo carbono. Tem como perfil ampliar o empreendedorismo dos jovens de Santarém em negócios sustentáveis, aproximando empreendedores, empresas, investidores, instituições de ensino e pesquisa, instituições de crédito e outros.

O aumento do desmatamento na floresta amazônica é hoje um dos principais assuntos em pauta tanto no país como no exterior. “Nosso desafio é conciliar a agenda social com a econômica, gerando negócios de alto valor agregado. A ideia é mantermos a floresta em pé, garantindo os recursos naturais renováveis. Temos uma tripla abordagem: social, econômica e ambiental” explica Beto Veríssimo, diretor de programas do Centro de Empreendedorismo da Amazônia.

O Floresta 360º, tem como um de seus parceiros o Projeto Saúde e Alegria, atuante na região de Santarém e demais municípios do oeste paraense. Nesta etapa, a iniciativa tem a fase de inscrições e a seleção como suas etapas iniciais, que se estendem até o fim de janeiro, quando iniciam a fase de transformação. Os selecionados participarão então da próxima etapa denominada “Despertar”. Eduardo Rezende, coordenador do programa, explica que os selecionados participam de oficinas para aprenderem a criar suas próprias ideias de negócios, com mentorias de criatividade e inspiracionais contando um material completo de formação: ferramentas necessárias para fomentar a inovação e instigar o pensamento fora da caixa. Serão até 10 horas de conteúdo, incluindo materiais pós-oficina, em um dia inteiro de trabalho e dedicação.

Do Despertar será selecionado um pequeno contingente de participantes, seguindo alguns critérios de avaliação disponibilizados no edital do programa, para a etapa de Pré-aceleração – onde os participantes terão acesso a outras ferramentas e mentorias para criar e validar uma ideia de negócio sustentável na cadeia produtiva de sua preferência, a qual ele vai validar na prática o seu mercado e protótipo. “O Floresta 360º é um programa de formação e desenvolvimento de ideias de negócios com foco em floresta e biodiversidade, e as melhores ideias passarão por uma bateria de mentorias e workshops para que se tornem modelos de negócios validados, com protótipos prontos para se tornarem uma empresa”, explica Raphael Medeiros, diretor executivo da organização. Como resultado dessa troca, o programa prevê para finalização do ciclo de formação o DemoDay, que é o momento de apresentação dos modelos de negócios validados para o ecossistema de empreendedorismo sustentável na Amazônia.

A metodologia das oficinas, baseada nos conceitos de vanguarda de design thinking, canvas de negócios, jornada do herói – pensamento de Joseph Campbell, e psicologia positiva, permite uma imersão nas dimensões social, econômica, ambiental e étnico-cultural da Amazônia a partir das cadeias produtivas da floresta, biodiversidade, agricultura sustentável e economia criativa.

Diferente de outros programas do Centro de Empreendedorismo da Amazônia, o Floresta 360º irá selecionar até duas ideias apresentadas no DemoDay do município de Santarém para serem aceleradas e que, além de mais ensinamentos e insights, receberão uma quantia de capital semente para ajudar os primeiros meses de atividade do negócio. Momento em que serão auxiliados pelo programa por um período de até 10 meses.

Pré-requisitos

Para participar, os candidatos devem ter entre 18 e 35 anos de idade, residir ou estudar no município de Santarém e ter concluído ou estar cursando ao menos o Ensino Médio. “Mas além desses pré-requisitos, é essencial que o candidato esteja interessado em aprender a criar ideias de negócios para a Amazônia, ter disponibilidade e comprometimento a participar das oficinas e eventos, e queira desenvolver novas habilidades para aproveitar grandes oportunidades de nossa biodiversidade”, explica Eduardo.

Comprovando na prática que é possível empreender com a floresta em pé, o programa demonstrará o potencial de oportunidades que tem se mostrado em diversas cadeias produtivas da região, de acordo com o desenvolvimento econômico no estado, como cacau, pesca sustentável, mel, sementes, açaí, turismo, gastronomia, biotecnologia, sistemas agroflorestais, produtos florestais não-madeireiros, sociobiodiversidade, pecuária verde, agricultura sustentável, economia criativa, moda sustentável, energia renovável, economia circular.

Empreendedorismo

O Centro de Empreendedorismo da Amazônia é uma associação da sociedade civil sem fins lucrativos cujo objetivo é atuar na promoção e articulação de negócios sustentáveis na Amazônia. Atua na formação, capacitando empreendedores com foco em negócios sustentáveis nas áreas florestal, de biodiversidade e de uso do solo na Amazônia. Realiza e apoia a programas de pré-aceleração e aceleração para impulsionar negócios sustentáveis na Amazônia – especialmente na área rural – por meio de parcerias, agências de fomento, empresas privadas, universidades, organizações socioambientais, associações, cooperativas de pequenos produtores rurais, entre outros.

A atuação do Centro está voltada para um aumento expressivo dos negócios sustentáveis na Amazônia e desenvolvimento de cadeias locais de valor que possam atuar decisivamente na redução do desmatamento, na melhoria o progresso social da região e no desenvolvimento das comunidades locais.

Serviço:
As inscrições são gratuitas para o programa Floresta 360º e se estendem até o dia 30/01, de forma on-line. Acesse www.floresta360.com.br para se inscrever e obter mais informações, e acompanhe também pelas redes sociais @centroamazonia.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Projeto Saúde & Alegria
Rolar para cima