Mil famílias de áreas urbanas são beneficiadas com cestas entregues à Famcos, Movimento Tapajós Vivo e Rotarys Club

Em mais uma ação da campanha Com Saúde e Alegria Sem Corona com apoio da ONG Ação da Cidadania Contra a Fome foram entregues mil kits de proteção alimentar na soma de esforços com iniciativas que têm mapeado e apoiado famílias em extrema dificuldade neste período crítico da Covid-19;

As cestas básicas chegaram a Santarém nesta semana e começaram a ser distribuídas ao Rotary Club Aldeia, Pérola do Tapajós, Vitória Régia, Movimento Tapajós Vivo e Federação das Associações de Moradores e Organizações Comunitárias de Santarém – Famcos. Cada instituição recebeu duzentas cestas que serão entregues para famílias em vulnerabilidade da região urbana do município, explicou o coordenador do Projeto Saúde e Alegria – PSA, Caetano Scannavino: “O foco do Saúde e Alegria é o interior, são comunidades ribeirinhas, mas a ideia é também estar somando com quem já faz alguma coisa nesses bairros da cidade. Já que não tem cestas básicas pra todo mundo, a ideia é estar mapeando quem precisa mais além de todos que precisam. Ficamos muito felizes em estar juntos em mais essa empreitada”.

As cestas são fruto da parceria do PSA com a Ação da Cidadania, ONG criada em 1993 pelo sociólogo Herbert de Souza, Betinho, que tem realizado distribuição de alimentos por todo o país priorizando regiões de maior vulnerabilidade. “O Saúde e Alegria é uma ONG que atua na região do rio Tapajós. Eles estão integrados desde o ano passado na Rede Ação da Cidadania, quando fizemos uma doação de 2 mil cestas básicas. E agora estamos mandando mais mil cestas. Estamos contentes pela parceria porque o Saúde e Alegria é uma importante organização que ajuda o povo do Pará” – relatou o diretor executivo da Ação da Cidadania, Rodrigo Fernandes.

Entrega do Movimento Tapajós Vivo à paróquia Cristo Libertador. Foto: MTV.

A entrega realizada nesta quinta-feira (11), marcou mais uma ação voltada ao público urbano em extrema necessidade, através dos parceiros. Os três Rotarys Club destacaram que a iniciativa se soma às ações da associação de clubes de serviços voluntários que presta continuamente serviços humanitários na região. “Cada clube sempre realiza atividades de solidariedade para atingir quem mais precisa. Dessa vez, além dos três clubes estarem fazendo o que rotineiramente já fazem, estão unidos nessa ação agora unidos ao Saúde e Alegria. Ninguém faz nada sozinho e unidos vamos fazer muito mais” – contou o presidente eleito do Rotary Club Santarém Aldeia, Pedro Pascoal.

Representante do Rotary Club Pérola do Tapajós e o coordenador do PSA, Caetano Scannavino.

Na soma de esforços entre as entidades representativas, quatrocentas cestas foram entregues ao Movimento Tapajós Vivo e Famcos, que atuam diretamente em regiões necessitadas.

“O Tapajós Vivo tem um projeto que é o Alimentando Esperança nos Territórios e o Saúde e Alegria somou conosco num momento emergencial para atender essa demanda em dez bairros da paróquia Cristo Libertador e na região do Urumanduba e Mapiri. Nós só temos a agradecer pela parceria de luta e resistência no Baixo Tapajós” – Militante do Movimento Tapajós Vivo, Isabel Cristina.

“Nós temos muitas associações e comunidades que estão perecendo nesse período de pandemia. E nos colocamos à disposição para levar a essas famílias que tanto necessitam. Nós contactamos vinte associações de moradores e elas vão indicar dez famílias para que sejam beneficiadas com as cestas” – Membro da diretoria da Famcos – Erlan Campinas.

Sobre a Ação da Cidadania

Fundada pelo Sociólogo Herbert de Souza, o Betinho, em 1993, formou uma imensa rede de mobilização de alcance nacional para ajudar 32 milhões de brasileiros que, segundo dados do Ipea, estavam abaixo da linha da pobreza.

É um movimento social que nasceu baseado no conceito: SOLIDARIEDADE, TODOS NÓS PODEMOS. Entre 1993 e 2019 foram arrecadadas mais de 33.000 toneladas de alimentos em todo o Brasil, beneficiando mais de 3.500.000 famílias com o equivalente a 132.000.000 de pratos de comida distribuídos desde 1993. Criada no auge do Movimento pela Ética na Política, a Ação da Cidadania contra a Fome, a Miséria e pela Vida se transformou no movimento social mais reconhecido do Brasil. Seu principal eixo de atuação é uma extensa rede de mobilização formada por comitês locais da sociedade civil organizada em todo o país, em sua maioria compostos por lideranças comunitárias, mas com participação de todos os setores sociais, especialmente nas ODS’s 1 (Erradicação da Pobreza), 2 (Fome Zero e 10 (Redução de Desigualdades).

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Projeto Saúde & Alegria Rolar para cima