Famílias ribeirinhas são beneficiadas com sistemas de água e saneamento

Trinta famílias receberam oficialmente tecnologias do Programa Cisterna, executadas na comunidade São José do Arapixuna;

A vida de cerca de duzentas pessoas de trinta famílias na comunidade São José mudou significativamente nos últimos dias. Com a conclusão das construções de banheiros e tecnologias de captação de água da chuva com sistema de coleta e armazenamento, os moradores afirmaram que o momento é de muita alegria: “Pra nós foi uma bênção. Principalmente aqui na minha casa que eu tenho a minha mãe de 91 anos. Ter um banheiro do jeito que nós ganhamos é uma coisa maravilhosa. Estou feliz e muito agradecida por todos que lutaram pra que esse projeto chegasse até a gente” – contou a presidente da comunidade, Raimunda Margarida dos Santos, uma das beneficiárias da comunidade que teve todos os moradores contemplados pelo programa.

As tecnologias construídas pela Sapopema e geridas pelo Projeto Saúde e Alegria através do Programa Cisterna possibilitaram mais dignidade para os moradores que utilizavam fossas rudimentares. “A gente não tinha água de qualidade, um banheiro adequado. Todo tempo a gente tinha que estar renovando nosso sanitário. Hoje em dia não. Melhorou muito porque é mais higiênico. Eu me sinto muito feliz com o que está acontecendo hoje comigo na minha comunidade” – disse Daniela Azevedo, moradora da comunidade.

As obras em São José iniciaram em outubro de 2020 com uma grande operação logística para desembarcar materiais de construção e transportá-los até os locais das obras. A comunidade possui uma dinâmica diferente das demais, por possuir imóveis distantes uns dos outros. Segundo Antônio José Bentes, da coordenação da Sapopema, a comunidade sofreu por muito tempo com falta de água, porque uma obra dessa natureza configura um alto custo de implantação: “É um momento importante porque finaliza uma estratégia de captação de recursos com parceiros como o Governo Federal e organizações locais. A conclusão do sistema de água em São José é também esse momento que fecha o processo de captação de água nos Projetos de Assentamento Agroextrativista (PAEs) de várzea”.

Com esta entrega, a Sapopema conclui obras em onze comunidades de cinco PAEs: PAE Urucurituba – Campos do Urucurituba, Campos do Aramanaí, Igarapé do Costa; PAE Aritapera  – Costa do Aritapera; PAE Tapará – Correio do Tapará, Santa Maria, Costa do Tapará, Tapará Miri, Tapará Grande; PAE Ituqui  – Aracampina e PAE Lago Grande  – São José. “Além de São José que é uma área de terra firme, a gente executou em mais dez comunidades da região de várzea. Foi uma experiência piloto principalmente na área de várzea onde são praticamente inexistentes projetos direcionados ao saneamento e de acesso à água potável” – ressaltou a Bióloga da Sapopema, Poliane Batista.

O Projeto Saúde e Alegria é credenciado como gestor do Cisterna na região desde 2017. Segundo o responsável pelo Programa de Água do PSA, Carlos Dombroski, 1.195 famílias foram beneficiadas em 55 comunidades nos municípios de Santarém, Belterra e Itaituba. “Comunidades mais distantes que nós nunca imaginávamos que um dia pudesse chegar água encanada nas residências hoje é uma realidade. Aqui a comunidade São José dentro de todo esforço tem água de qualidade, banheiros aparelhados” – afirmou.

A entrega foi realizada durante cerimônia alusiva aos 360 anos de Santarém. A programação celebrou a conclusão do sistema de abastecimento que contempla ainda um poço de 80 metros de profundidade e um elevado com três caixas de cinco mil litros cada, além de três mil metros de rede de distribuição, construído através da parceria com a Prefeitura Municipal. “A Semap ficou responsável pela perfuração do poço e uma parte da execução da rede de distribuição de água. É uma satisfação enorme pra gente tanto essa parceria com São José como outras que tem acontecido. E assim a gente espera poder continuar essa parceria para levar água de qualidade para as pessoas do município” – explicou o Secretário Municipal de Agricultura e Pesca, Bruno Costa.

O prefeito de Santarém, Nélio Aguiar, acompanhou a cerimônia e falou sobre a parceria: “A gente fica feliz em Santarém ter uma maturidade e uma consciência do quanto é importante a união de forças, todo mundo trabalhando conjuntamente com o objetivo de fazer pelas pessoas”.

A iniciativa contou com a atuação dos moradores que durante a execução das obras contribuem coletivamente para as construções. “É uma coisa de grande importância porque o sonho faz com que aconteça e pra ser realizado tem que ser assim. Os moradores se envolvendo, se ajudando, com parceria pra conseguir implantar e realizar o sonho e o projeto” – disse o presidente do Conselho da Região do Arapixuna, Raimundo Pereira.

“É motivo de muita alegria. Tem muita água na comunidade mas não é água de qualidade. A gente fica muito feliz principalmente quando a mulher, dona de casa, chefe de família, tem esse momento de resultado quando traz um grande empreendimento pra comunidade” – Edilena de Oliveira – da diretoria da Feagle.

“É gratificante as pessoas terem uma qualidade de vida melhor. Água potável para todas as famílias” – João Mário – Diretor Colônia de Pescadores Z-20.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Projeto Saúde & Alegria Rolar para cima