Mais de duas mil famílias serão beneficiadas com kits de higiene e proteção em comunidades do Baixo Lago Grande e Arapixuna

No período de 07 a 09 de julho, serão entregues 2.072 kits de higiene e proteção familiar para quarenta comunidades das duas regiões. Também serão distribuídos EPIs para profissionais de saúde das Unidades Básicas e materiais de higienização;

Kits preparados e higienizados para embarque nesta terça-feira (7).

Em três dias serão beneficiadas mais de duas mil famílias da região de terra firme e várzea. As comunidades foram selecionadas através de definição de Grupo de Trabalho que mapeou comunidades ribeirinhas impactadas pelos altos índices de casos de covid-19, uma vez que a circulação do vírus nas regiões de rios, planalto e terra firme tem gerado grandes impactos aos moradores. Segundo dados da Secretaria de Saúde do Estado divulgados em 01 de julho a região de rios possuía registro de 374 casos confirmados do novo coronavírus e 9 mortes. A gravidade dos casos motivou uma ação conjunta de instituições parceiras.

Projeto Saúde e Alegria, Sociedade Para Pesquisa e Proteção do Meio Ambiente – Sapopema, Sindicato dos Trabalhadores e Trabalhadoras Rurais de Santarém – STTR, Universidade Federal do Oeste do Pará – Ufopa, Federação das Associações de Moradores e Comunidades do Assentamento Agroextrativista da Gleba Lago Grande – FEAGLE e Colônia de Pescadores Z-20 se articularam para apoiar as famílias das regiões com maior índice de casos positivos. As referidas instituições iniciaram vários processos de monitoramento e estudos através de entrevistas com os coordenadores de núcleo das comunidades da região para entender como está a situação dos moradores em tempos de pandemia. Também foram identificadas informações junto à Secretaria Municipal de Saúde para identificar casos suspeitos, confirmados, existência de unidades, acompanhamento, bem como as condições de transporte, existência de suporte aos comunitários, atividade da pesca, comercialização, alimentação, seguro, dentre outros temas.

Na parceria das instituições, ficou definida a distribuição de dois mil e quinhentos kits de higiene e proteção para Região do Aritapera, Arapixuna e Urucurituba e Vila Socorro (Lago Grande). As entregas iniciam em 7 de julho pelas comunidades Aninduba, Ilha do Bom Vento, Carariacá, Dourado, Vila Arapixuna, Laranjal, Moacá, Ilha das Marrecas, Alto Jari, Jari Do Socorro, Tucumatuba, Pinduri, Picãe, São Jose Arapixuna, Custodia, Maicá, Amari, Lago Central, Piauí, Cuipiranja, Urucureá, Membeca, Guajará, Vila Amazonas, Patacho, Centro Marimarituba, Marimarituba, Costa do Marimarituba, Marajó, Aparecida, Bom Jesus, Santana, Cururu, Araci, Pedreira, Vila Socorro, Itacumini, Jacaré São Joao, Jacarezinho, Acutireçá, Ajamuri, São José da Beira da Translago e Murui.

Distribuição realizada nas comunidades do Tapajós em junho.

O coordenador de Educação e Comunicação do PSA, Fábio Pena explicou sobre o trabalho de distribuição, no qual lideranças de cada comunidade foram mobilizadas para criar grupos de recebimento e distribuição dos materiais. “Esse grupo deve estar organizado, esperando a equipe chegar para receber, assinar os documentos, e ouvir explicações da equipe de como deve ser feita a distribuição para as famílias. A gente espera contar nesse grupo de lideranças além do presidente da comunidade, o Agente Comunitário de Saúde, onde tem Unidade Básica de Saúde o enfermeiro responsável, liderança da delegacia sindical, e delegado da Colônia de Pescadores”.

Além da distribuição dos kits de higiene e proteção para  famílias, o projeto vai distribuir Equipamentos de Proteção Individual para os ACS que atuam nos polos de saúde das comunidades: Vila de Arapixuna, Guajará, Vila Socorro e Ajamuri. “São importantes para manter a prevenção na hora dos atendimentos nas comunidades” – ressaltou Pena.

Para o presidente do STTR – Manoel Edvaldo a atividade integra esforços para fortalecer a prevenção nas regiões mais remotas da Amazônia: “é uma ação da sociedade civil que está preocupada em combater o coronavírus. As organizações estão se esforçando para levar esse apoio para levar às comunidades esses kits de higiene para prevenir essa doença que está matando muita gente”.

Segundo a professora da Ufopa, Socorro Pena por meio da colaboração dessas instituições, será possível atender as famílias que se encontram em maior vulnerabilidade e risco de contaminação, proporcionando maior prevenção: “essa iniciativa iniciada pelo Saúde e Alegria com a parceria de diversas instituições, tem sido muito importante no sentido de que a gente está fazendo além de buscar apoio, também estamos fazendo um estudo sobre os impactos que essa pandemia está levando para as comunidades que vivem da atividade da pesca […] Estamos trabalhando nessa ação com muita dedicação, carinho e muita preocupação pra que a gente possa chegar até as comunidades com o nosso gesto de colaboração”.

A ação faz parte das atividades desenvolvidas pela campanha #ComSaudeeAlegriaSemCorona que já distribuiu kits nas regiões do Tapajós e Arapiuns totalizando 3.300 kits de higiene e proteção. Nesta distribuição conta com o apoio da Ação de Cidadania.

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Do NOT follow this link or you will be banned from the site! Rolar para cima