Oficina capacita comunitários para coleta de sementes

No período de 23 a 25 de maio moradores da Resex Tapajós/Arapiuns, do Assentamento PAE Lago Grande, da Floresta Nacional do Tapajós – FLONA e universitários participam da capacitação no Cefa

Teoria e prática serão trabalhadas no curso que compreende a carga horária de 24 horas. A metodologia abordará dinâmica de apresentação, vídeo debate, visita às áreas de coleta na comunidade e ao complexo do viveiro florestal. O engenheiro florestal do PSA, Steve McQueen destacou o objetivo do curso: “Formar coletores de sementes e produtores de mudas florestais no território”.

Durante três dias os Comunitários da RESEX Tapajós/Arapiuns, do Assentamento PAE Lago Grande, da Floresta Nacional do Tapajós – FLONA e universitários aprenderão técnicas de coleta e a importância da especialização para a prática de fazer florestas.

Embora grandes florestas plantadas abasteçam o mercado mundial, as florestas primárias, são as mais impactadas. “Pensando nisso estamos nos propondo a contribuir com a permanência de novas florestas nesta região, e para isso, precisamos formar pessoas que se sintam bem fazendo o uso de produtos florestais não madeireiros. Portanto estamos propondo este curso de coleta de sementes e produção de mudas para treinar as pessoas a trabalharem com o que o território tem de melhor a floresta em pé” – concluiu McQueen.

O projeto organizado pelo Projeto Saúde e Alegria conta com o financiamento da Fundação Konrad Adenauer e Fundo Amazônia /BNDES.

Fotos: Steve McQueen/PSA.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Projeto Saúde & Alegria Rolar para cima