Saúde e Alegria firma parceria com Casas Familiares Rurais para apoiar educação do campo 

Termo de cooperação técnica foi assinado nesta quarta-feira (16) entre o PSA e Casa Familiar Rural de Belterra e do Lago Grande, Curuai;

Jovens de comunidades da região de Belterra e do Lago Grande participarão de cursos técnicos em Agropecuária e Agroecologia por meio da parceria entre as instituições. O Projeto Saúde e Alegria por meio do Programa Floresta Ativa com apoio do Fundo Amazônia/BNDES e da Natura pretende consolidar as ações de educação do campo com subsídios para eventos, compra de EPIs e insumos para as ações das CFRS.

“Com o intuito de fortalecer a educação no campo o PSA vem apoiar o presente termo de parceria é celebrado para otimizar ações mútuas no âmbito do Projeto Floresta Ativa Tapajós, visando contribuir com o funcionamento das  Escolas Comunitárias Casa Familiar Rural de Belterra e do Lago Grande do Curuai, na formação de jovens da zona rural através de Curso Técnico em Agropecuária e Técnico Agroecologia” – acrescentou o engenheiro Florestal do PSA, Steve Mcqueen.

A partir da assinatura dos termos, cento e vinte e cinco jovens moradores de área rural começarão a participar do curso por turma. Segundo a representante da Casa Familiar Rural do Lago Grande, Neida Pereira o apoio colabora com a formação dos jovens e com o fortalecimento comunitário: “pra nós essa parceria é muito importante porque fortalece a nossa organização, a nossa resistência, o nosso território e contribui na formação, educação técnica e profissional dos nossos jovens da Comunidade Atodi da região do Rio Arapiuns, Aninduba e Guajará no Arapixuna e Curuai no Lago Grande”.

As ações na Casa Familiar Rural de Belterra estão retornando após paralisação devido a pandemia covid-19. O termo será importantes para consolidar estratégias de formação em agroecologia e agropecuária, ressaltou o presidente Werlisson Sousa: “O termo de cooperação técnica assinado junto ao PSA vem num momento muito oportuno em que a Casa tem tentado retomar suas atividades. A gente vai poder acessar o apoio na logística, alimentação, aquisição de materiais e equipamentos de proteção individuais. Isso nos dá melhor qualidade para desenvolver nossas atividades”.

Floresta Ativa

O Floresta Ativa é uma plataforma de oportunidades socioeconômicas voltadas ao manejo sustentável da floresta, fortalecendo cadeias produtivas que aproveitem melhor os potenciais existentes na Amazônia para empreendimentos agroecológicos e florestais, bioeconomia e de serviços ambientais que contribuam para a redução do desmatamento e das emissões de CO2 e, ao mesmo tempo, promovam segurança alimentar, elevação da renda e inclusão social das comunidades envolvidas.

As iniciativas do PSA nessa área são voltadas ao empreendedorismo sustentável, buscando promover a Economia da Floresta de Base Comunitária no desenvolvimento regional, com o intuito de elevar a renda das famílias ribeirinhas a partir do melhor aproveitamento dos produtos do agroextrativismo, da agricultura familiar, da bioeconomia e de serviços ambientais. Esse trabalho tem garantido o bom manejo dos recursos naturais de seus territórios e a manutenção da floresta em pé.

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Do NOT follow this link or you will be banned from the site! Rolar para cima