rede_mocoronga

Floresta Ativa

Economia da Floresta

III Encontro do coletivo Munduruku Poy planeja safra da castanha: “importante para fortalecer a nossa resistência”

Planejamento da próxima safra foi realizado na aldeia Restinga região da TI Munduruku e reuniu lideranças indígenas de trinta e uma aldeias mundurukus. Coletivo Munduruku Poy foi criado em 2022 para estruturar alternativas sustentáveis. Este ano conquistou seus primeiros resultados com quase 32 toneladas de castanhas do Pará comercializadas e para 2024 a previsão é

Leia mais →
Economia da Floresta

Piscicultores iniciam testes para produção de ração orgânica para peixes em Anã, Resex Tapajós-Arapiuns

“Um grande sonho que é fabricar ração” iniciou para o Grupo Mulheres Sonhadoras em Ação (MUSA) da comunidade Anã em Santarém, no Pará. O primeiro teste para uso da extrusora de ração demonstrou potencial produtivo para piscicultura comunitária  Prestes a completar 25 anos, a criação comunitária de tambaquis em Anã ganhou reforço. Com uma máquina

Leia mais →
Economia da Floresta

70 mil mudas frutíferas e florestais são produzidas em sete viveiros apoiados pelo Programa Floresta Ativa do PSA em 2023

Comunidades da Flona Tapajós, Lago Grande e Resex Tapajós Arapiuns produzem mudas destinadas ao reflorestamento e geração de renda  O desmatamento na Amazônia segue sendo sinal de alerta para o equilíbrio do bioma. Apesar de indicadores já apontarem diminuições nos números (500 km² de área degradada em julho deste ano, contra 1.487 km² em julho

Leia mais →
Economia da Floresta

Cadeia do látex em ascensão: borracha nativa volta a ser valorizada e impulsiona seringueiros no Pará

A demanda crescente pela borracha tem aquecido o setor que aposta em compensações ecológicas para fortalecer negociações com seringueiros no Oeste do Pará Com otimismo no mercado da borracha, a Cooperativa dos Trabalhadores Agroextrativista do Oeste do Pará (ACOSPER) avalia uma forte oportunidade na retomada da produção de látex, a partir da extração da seiva

Leia mais →
Economia da Floresta

Aldeias do alto Tapajós avaliam safra da castanha e planejam ações para ampliar coletas

Encontro de avaliação da safra foi realizado na aldeia Waro Apompo região do Rio Cururu e reuniu mais de cem lideranças indígenas de trinta e uma aldeias mundurukus. Coletivo Poy foi criado em 2022 para estruturar alternativas sustentáveis e já conquistou seus primeiros resultados com quase 32 toneladas de castanhas do Pará comercializadas  Mais de

Leia mais →
Rolar para cima