Capacitação em recuperação ambiental com Sintropia reúne moradores da Flona e Resex

Interessados em conhecer mais sobre técnicas de recuperação do meio ambiente, moradores de cinco comunidades das duas regiões participaram do curso realizado pelo Programa Floresta Ativa;

Em um dia intenso de conhecimentos teóricos e práticos, comunitários participaram de inúmeras atividades com uso de Sintropia para que possam implementar nas comunidades de origem. Dentre as ações, aplicaram as técnicas aprendidas na nascente do Igarapé do Carão para recuperação através da Sintropia.

Segundo o engenheiro Florestal do Saúde e Alegria, Steve Macqueen, foram oito horas de capacitação que envolveram a participação de representantes das comunidades: Carão, Anumã, Santi da Resex; Maguari e Jaguarari da Flona.

Sintropia

Também conhecida como agricultura sintrópica, o método aproveita as lições da natureza para cultivos sadios e produtivos. O suíço Ernst Götsch é o criador desse sistema que reúne na mesma área, produção de hortaliças, frutas e madeira. A técnica também recupera áreas degradas e protege o meio ambiente. A sintropia é o contrário de entropia (termo associado a desorganização, degradação de sistemas, a perdas de energia) e propõe reordenar, restaurar o ambiente natural.

Fotos: Steve Macqueen

O programa Floresta Ativa

Visando a reposição florestal da Amazônia, produzimos para distribuição mudas de centenas de espécies madeireiras e frutíferas. Até 2019, foram plantadas 305.308 mudas em comunidades da Resex, Projetos de Assentamento Agroextrativistas (PAE) Lago Grande, Flona e região urbana de Santarém, com 650 famílias envolvidas em 55 comunidades para a restauração florestal de suas áreas e combate ao desmatamento da Amazônia.

Para entrega em 2020, a produção continua no Centro Experimental Floresta Ativa. O Saúde e Alegria não poupa esforços, para que a coleta, o beneficiamento e plantio contribuam para que cada vez mais a reposição florestal possa ocorrer de forma concreta nos territórios trabalhados.

Promover na região do Tapajós o manejo sustentável da floresta fortalecendo cadeias produtivas e empreendimentos agroecológicos voltados para conservação ambiental, reposição e restauração florestal são ações fundamentais para a saúde da floresta. É preciso reduzir o desmatamento e as emissões de CO2, validando junto às esferas públicas tecnologias socioambientais passiveis de replicação, como referências para orientar políticas e estratégias para Amazônia proporcionando aos agroextrativistas inclusão social, qualidade de vida e renda.

1 comentário em “Capacitação em recuperação ambiental com Sintropia reúne moradores da Flona e Resex”

  1. Vamos reflorestar o mundo e os coracões! Saude, Sintropia e Alegria! Tudo
    Junto e misturado! Ninguém larga a mao de ninguem! Essa é a receita!!! Amo vocês!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Do NOT follow this link or you will be banned from the site! Rolar para cima