Energia limpa: PSA instala placas de energia solar, garante sustentabilidade e economia

Ecologicamente correta, a instalação de módulos solares tem baixo impacto ambiental e produz energia limpa, renovável e sustentável;

A produção de energia através de painéis fotovoltaicos é uma realidade para vinte e oito comunidades da Resex, Flona e Lago Grande que recebem o fornecimento de energia solar de 20 sistemas. Apesar de levar energia limpa para as comunidades isoladas da Floresta Amazônica, o Saúde e Alegria ainda recebia o fornecimento total de energia elétrica para abastecer a sede localizada na área urbana de Santarém no Pará.  

Este mês, direção e colaboradores comemoraram as instalações dos painéis solares que, promovem sustentabilidade e economia. Foram instaladas 124 placas de 260 watts: “A nossa expectativa é de reduzir em torno de 90% nosso gasto de energia. A avaliação da eficiência do sistema vai ser feita no primeiro no de uso, mas sem dúvida é uma grande economia e nós estamos gerando economia limpa. O dimensionamento do nosso sistema foi feito a partir do consumo do ano anterior e a previsão é de gerar 33 quilowatts hora” – explicou o gestor de negócios sustentáveis do PSA – Davide Pompermaier.

A economia está orçada em cerca de cinco mil reais por mês, gasto até então com o pagamento do fornecimento de energia elétrica. Apesar de finalizada, a instalação ainda aguarda a autorização da concessionária de energia elétrica que vistoria e autoriza o funcionamento. A previsão é de que até o final deste mês, os módulos solares entrem em funcionamento.

Exemplo de economia                        

Se casas e empresas usassem painéis solares, não seria necessário inundar grandes áreas de floresta para construir usinas hidrelétricas. Dentre os benefícios da energia solar, se destacam: a capacidade de renovação, redução das emissões de fases de efeito estufa, a produção de energia limpa, renovável e sustentável, o baixo impacto ambiental, necessidade mínima de manutenção e possibilidade de usar em áreas remotas.

Fotos drone: Henrique Martins/PSA.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Projeto Saúde & Alegria Rolar para cima