Kwá Yãné Rẽdawa – Esse é o nosso lugar: um manifesto poético de filhos da Amazônia, a Mãe do Brasil

Kwá Yãné Rẽdawa – Esse é o nosso lugar: um manifesto poético de filhos da Amazônia, a Mãe do Brasil.

Música de: Silvan Galvão | Nilson Chaves | Joãozinho Gomes (PA)
Intérpretes: Silvan Galvão | Nilson Chaves | Dira Paes (PA), Patrícia Bastos (AP), Ellen Fernandes (AM), Graça Gomes (AC), Euterpe (RR), Bado (RO), Genésio Tocantins (TO)
Percussão: Paulo Galvão | Kaique Galvão, Violão: José Maria Bezerra, Baixo: Felipe Parra, Flauta: Pedro Vituri
Direção: Priscila Tapajowara , Roteiro: Priscila Tapajowara | Silvan Galvão, Edição: Luana Borges, Imagens: Adriano Pereira | Amanda Bastos | Carla Barroso | Daniel Govino | Joelma Bezerra | José Maria Bezerra | Katienne Brito | Maurício Gasparini | Petricor | Ricardo Sassaki | Rodrigo Viellas
Produção Musical: Silvan Galvão e Felipe Parra
Divulgação: Priscila Cotta | Fabiana Cardoso
Apoio: Projeto Saúde e Alegria | Vozes da Ação Climática
Apoio de divulgação: Agência Fervo | Alter do Som | Pangeia
Amplificação: Rede Wayuri/FOIRN | Associação Kanindé Etnoambiental

“De Porto Velho a Manaus,
Palmas, Belém, Boa Vista
De Macapá a Rio Branco
Versos da mesma poesia
Amazônia
Amazônia

Vamos juntos entoar
Um canto encanto nortista
Vamos cantar nossa língua
Nativa sabedoria
Amazônia
Amazônia

Kwa Yanerendawa
Kwa Yanerendawa

‘Esse é nosso lugar!
Este ato nortista,
este encontro de vozes da mata
que ecoa, agora:
que sai das almas dos artistas
como à franja do horizonte
esplende-se a aurora,
que ora e grita à hora
em que Tupã medita – edita, pai,
deleta o que dita o idiota! –
é a voz que te dirá quem somos
– sumanos somamos
humanos suprimos –
nesta floresta ímpar,
neste primor divino onde
vivemos e dividimos voo
com passarinhos; nós sabemos
do calor do grande ninho,
sabemos entoar para
que abram-se caminhos, intuir
para que abracem-se sacis
e dancem nossos hinos.
Sabemos solfejar os trinos
que entoam os sabiás; e sábios,
sabemos desfiar
nossos destinos, e hábeis, guardar
o grande ninho
como fazem com a rosa
os seus espinhos… ‘

De São Luís a Parintins
Alter do Chão, Jalapão, Pacaraima
Do marabaixo a floresta
Cantos da mesma magia
Amazônia
Amazônia

Belezas de uma herança
No rosto, no sotaque e no olhar
Navegando na história
Da nossa força nativa

Amazônia
Amazônia

Kwa Yanerendawa”

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Projeto Saúde & Alegria
Rolar para cima