STTR promove curso de inclusão digital e social para lideranças em telecentro no Rio Arapiuns

Formação liderada pelo Sindicato dos Trabalhadores e Trabalhadoras de Santarém – STTR conta com parceria do Saúde e Alegria – PSA. Intenção é capacitar jovens de comunidades da Resex Tapajós Arapiuns;

No período de 11 a 12/12, vinte jovens da comunidade São Pedro participaram da primeira etapa da formação do curso que oferece conhecimentos sobre o uso das Tecnologias da Informação e Comunicação com potencial de participação social para o protagonismo juvenil. “O objetivo desse curso é conhecer melhor as ferramentas disponíveis na internet para realizar inúmeras atividades, como cursos de capacitação, movimentações financeiras, lives, conferências” – ressaltou o técnico do PSA, Livaldo Sarmento.

O curso promovido pelo STTR busca capacitar para o uso das tecnologias digitais pelo público jovem, de forma a ampliar as possibilidades de participação dos mesmos na internet. A oficina ministrada pelo técnico de inclusão digital do STTR, Gabriel Abreu deu ênfase aos aspectos técnicos de uso das ferramentas e teóricos, com foco na participação social da juventude das comunidades atendidas. “A internet é o nosso principal meio de comunicação e em São Pedro não poderia ser diferente. A gente espera que eles possam estar olhando os recursos dos smartphones não só como uma ferramenta de navegar nas redes. Mas como um recurso de estudo, pesquisa e organizador financeiro. Esperamos que eles se apropriem do conhecimento e compartilhem o que aprenderam” – avaliou Abreu.

Jovens participando de formação no Telecentro de São Pedro. Foto: STTR/divulgação.

Em São Pedro, a formação aconteceu nas instalações do infocentro implantado pelo PSA em 2010. O local, que recebeu internet em 2011, oferece aos moradores acesso à internet livre e gratuito. “As oficinas oferecem qualificação para o uso dos pontos de acesso à Internet via smartphones. Através dessa iniciativa do STTR, eles estão aprendendo a usar outras plataformas para além do Whatsapp” – explicou um dos coordenadores do PSA, Paulo Lima.

Instalação de telecentro na comunidade São Pedro em 2010. Arquivo PSA.

A próxima etapa de formação do curso de inclusão social e digital será na comunidade Boim em 18/12. A previsão é que 25 jovens participem.

Atendimento médico via internet

São Pedro é uma das comunidades-polo habilitadas para o Projeto piloto de telemedicina a ser implantado em pólos do Tapajós/Arapiuns. Por meio da parceria entre o Saúde e Alegria, Projeto Fazer o Bem Faz Bem, ClubSaúde e Semsa de Santarém, moradores serão atendidos por videoconferência através da internet. A iniciativa tem por objetivo levar acesso à saúde para a população das comunidades ribeirinhas, através da telemedicina, com capacitação dos profissionais e estruturação com equipamentos tecnológicos, diminuindo o tempo de espera de consultas, possibilitando o acesso rápido às diversas especialidades de saúde.

“Estamos em acordo com muitos parceiros, estudando como viabilizar o projeto de Telemedicina, com todo cuidado e acompanhamento técnico necessário.  É um sonho antigo do PSA e agora encontramos condições para enfrentar mais essa inovação” – contou Paulo Lima, da coordenação do PSA.

Teste de conexão com internet para projeto piloto de telemedicina.

Os médicos vão consultar pacientes, orientar sobre os cuidados à distância e avaliar se o deslocamento para a cidade é necessário. O projeto espera garantir que os ribeirinhos fiquem em isolamento em suas comunidades. O agendamento das consultas será feito pelos Agentes Comunitários de Saúde, o usuário comparecerá no horário marcado para o teleatendimento na UBS.

A experiência piloto será realizada por três meses em dois pólos: São Pedro e Parauá os quais receberão moradores das comunidades: São Pedro, Braço Grande, Piquiá, Curi, Engenio, Câmara, Pascoal, São José II, Novo Horizonte, Cutilé, São João, Atrocal, Mucureru, São Francisco, Bom Futuro, São José I, Nova Vista, Parauá, Brinco das moças, Jwipixuna, Limãotuba, Pajurá, Enseada do Amorim, São Caetano, Boa Sorte, Paricatuba, Maratuba, Suruacá e Vila de Amorim.

Instalação de telecentro na comunidade São Pedro em 2010. Arquivo PSA.

1 comentário em “STTR promove curso de inclusão digital e social para lideranças em telecentro no Rio Arapiuns”

  1. O curso foi ótimo. Principalmente no que diz respeito ao incentivo dos jovens para o uso de outras ferramentas além das redes sociais. Que todos façam bom uso dos conhecimentos adquidos e que, outros cursos como este venham para somar no desenvolvimento dos jovens das nossas comunidades.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Projeto Saúde & Alegria Rolar para cima