Tecnologias de acesso a água chagarão às comunidades Parauá, Retiro e Mangal na região da Resex

Construções do Programa Cisterna nessas comunidades devem iniciar em meados do mês de dezembro. Técnicos do Projeto Saúde e Alegria estão visitando as regiões para estudos nos locais de instalação

Mais de 260 famílias serão beneficiadas com a implantação das tecnologias de acesso à água na região da Reserva Extrativista Tapajós Arapiuns, Amazônia. Atualmente as populações dessa região revezam o uso do liquido de um único poço que não atende a demanda de todos.

O levantamento técnico para implantação do sistema de abastecimento de água na comunidade, indicou a necessidade de construção de uma tecnologia em cada uma das três comunidades Parauá, Retiro e Mangal, contou o coordenador do Programa de Saneamento Comunitário do Projeto Saúde e Alegria Carlos Dombroski.

Comunidade Mangal, Resex em Santarém. Foto: Henrique Martins/PSA.

O programa é desenvolvido através da chamada pública do governo federal por meio do Ministério do Desenvolvimento Social do Programa Nacional ‘Cisterna’ de apoio a captação de água da chuva e outras tecnologias sociais de aceso a água. É coordenado em Santarém pelo Projeto Saúde e Alegria e executado por três instituições contratadas para atuar em diferentes regiões: Nas aldeias Taquara e Bragança e Comunidades Pini, Marae e Acaratinga – localizadas na Flona – Asproc, na região do Lago Grande as construções de sistemas de abastecimento de água com calha e caixa d’agua de mil litros em cada residência estão são de responsabilidade da Somec e na várzea os serviços são feitos pela Sociedade Para Pesquisa e Proteção do Meio Ambiente – Sapopema – que desenvolve nas comunidades Urucurituba, Aramanai, Igarapé do costa, Correio do Tapará, Costa do Aritapera, Pixuna e Santa Maria do Tapará as construções de Sistema Pluvial Multiuso Comunitário para implantação de redes de abastecimento e Sistema Pluvial Autônomo que atende famílias isoladas.

Comunidade Retiro, Resex em Santarém. Foto: Henrique Martins/PSA.

Sobre o Programa Cisterna

Em maio de 2018 foi feita a assinatura do programa que faz parte da chamada publica do governo federal por meio do Ministério do Desenvolvimento Social do Programa Nacional ‘Cisterna’ de apoio a capacitação de água da chuva e outras tecnologias sociais de aceso à água. O objetivo é realizar ações de captação de água e promover saneamento, uma vez que os moradores dessas áreas contempladas, não tem nenhum sistema de abastecimento.

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Projeto Saúde & Alegria Rolar para cima