Seminário ‘Crianças e adolescentes no contexto das grandes obras na região do Tapajós’

Período de inscrições está aberto. Evento será realizado no auditório do Ministério Público do Estado no dia 14 de agosto;

Entender e discutir como as grandes obras na região do Tapajós afetam a vida de crianças e adolescentes que moram na região são objetivos do Seminário realizado no próximo dia 14 em Santarém. Durante o evento, serão apresentados resultados da pesquisa “A proteção de crianças e adolescentes na tomada de decisão de obras e empreendimentos: subsídios para o poder público e diretrizes para as empresas a partir de estudo de caso sobre a construção de usinas hidrelétricas na Amazônia” (UFPA/FGV-SP).

O debate será com a rede de proteção sobre as questões atuais que afetam o município em relação a realidade de crianças e adolescentes com ênfase nas recomendações para responsabilização do Estado e das empresas, e, os cenários de impactos no contexto de Itaituba e região afetada pelo projeto hidrelétrico de São Luiz do Tapajós, mineração e portos. Também serão discutidos aspectos importantes da resolução nº 215/2018 do CONANDA.

O Seminário é uma realização do Ministério Público do Estado, Movimento Tapajós Vivo, Clinica de Justiça Restaurativa da Amzõnia, CEDCA Pará, Projeto Saúde e Alegria, Instituto Ecovida e parceria com Universidade Federal do Oeste do Pará.

As inscrições devem ser feitas através do preenchimento do formulário online, disponível aqui.

Serviço

Quando? 14 de agosto de 2019 das 09h00 às 12h30;

Onde? Auditório do Ministério Público do Estado, Av. Mendonça Furtado.

Quem? Aberto ao público;

 

1 comentário em “Seminário ‘Crianças e adolescentes no contexto das grandes obras na região do Tapajós’”

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Do NOT follow this link or you will be banned from the site! Rolar para cima