Bioeconomia: projeto para coleta de sementes de manejadores da Flona é protocolado para 2021

Coomflona e Federação da Flona formalizaram ao ICMBIO documento com plano de trabalho anual e solicitação de construção de infraestruturas para atividades;

As comunidades São Domingos, Pedreira e Nazaré na região da Flona em Belterra praticam o manejo de espécies florestais na região há mais de vinte anos. Para 2021, estimam que a coleta seja superior, mais organizada e rentável devido a estratégia de planejamento articulada desde o ano passado. A expectativa é coletar cerca de 30 toneladas.

“Estamos com uma expectativa muito grande para esse ano de 2021. Vamos continuar firmes e ansiosos para nossa próxima colheita”- contou animada a extrativista Carol Paz, da comunidade São Domingos.

Amêndoas coletadas em 2020 na Flona Tapajós. Arquivo/PSA.

Em continuidade à estratégia de consolidação da economia da floresta, representantes da Coomflona e Federação da Flona com apoio do PSA, apresentaram ao ICMBIO o projeto básico de coleta de sementes e o ofício de solicitação para construção do galpão, secadores de sementes de andiroba e pequenas reformas na base do km 67 e Km 117 para os trabalhos da safra 2021.

O objetivo do projeto é fortalecer as cadeias de produtos florestais não madeireiros com foco nas sementes e óleos das espécies (andiroba, castanha do Pará, cumaru, pequiá e copaíba) na Floresta Nacional do Tapajós. Para isso apresenta ações específicas como a realização do cadastro de famílias coletoras, reuniões de planejamento da safra nas comunidades e na sede da Coomflona, inventários Florestais nas áreas de Manejo Florestal Anambé II, estabelecimento de áreas de coleta de sementes (ACS), fomento às novas infraestruturas para apoio às atividades dos não madeireiros e promoção de oficinas, encontros e capacitações sobre sementes e óleos.

Coletores aguardando transporte da matéria-prima para comercialização em 2020. Arquivo/PSA.

Conforme cronograma, as coletas das sementes serão realizadas no período de março a junho e devem envolver cerca de quarenta e sete famílias e beneficiar noventa e quatro. Após a coleta, as sementes serão transportadas, para posterior processo de secagem, armazenamento, pesagem e etiquetagem. Além da andiroba, sementes de Castanheira, Copaíba, Cumaru e Pequiá serão coletadas na Área de Manejo Florestal – AMF Anambé II sob responsabilidade da COOMFLONA, situadas na BR – 163/Santarém – Cuiabá, Km 67, km 72 e Km 117.

Segundo o engenheiro florestal do PSA, Steve Mcqueen, desde 2020 o diagnóstico da atividade vem sendo desenvolvido junto aos manejadores para identificar as necessidades e potencialidades. O projeto é resultado desse esforço e busca fortalecer o trabalho comunitário mantendo a floresta em pé.

Nesta quarta-feira (03/03), uma reunião entre Coomflona, Federação da Flona, PSA e Natura definiu as estratégias para comercialização da safra à multinacional de cosméticos e receberam informações sobre projeto básico de sementes e o ofício de construção de novos secadores, galpão e reformas em locais pré definidos. Durante o encontro foram socializadas ações desde 2018 até o momento. “Também pudemos avaliar que as ações que ainda devem ter um planejamento mais específico. Os parceiros estão muito empolgados com a coleta e haverão outras reuniões de logística para avançar na safra 2021” – ressaltou Mcqueen.

Reunião realizada em 03/03 entre Coomflona, Federação da Flona, Saúde e Alegria e Natura.

Para o Gerente de Suprimentos, Mauro Costa, a negociação faz parte de uma iniciativa sustentável que valoriza a produção comunitária e incentiva o cuidado ao meio ambiente: “Fomentar a coleta de amêndoas de Andiroba na região do Oeste do Pará é fundamental para comprovar a viabilidade de geração de renda para as comunidades através da floresta em pé. Além disso, é um modelo de negócio que valoriza e respeita as pessoas, a natureza e as organizações. Para a Natura, é importantíssimo acompanhar esse trabalho e conhecer quem produz e de onde vem a andiroba que irá fazer parte da linha Natura Ekos Andiroba”.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Projeto Saúde & Alegria Rolar para cima